quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Vacinas

Ontem foi dia de vacinas. Nunca foi tão mau. Não pelo que chorou (nem foi muito!) ou pelo que lhe custou na altura, porque isso passa com uma chupeta, um colo mais prolongado e um livro do Pocoyo estrategicamente colocado na mochila já a pensar nesta eventualidade.  Foi mau pelo que passou depois. Adormeceu no carro. Chegou a casa, acordou e chorou, chorou, chorou. Não nos deixava sequer por gelo. Mas se tocava em qualquer um dos braços (levou a dos 18 meses e o reforço da Prevenar) encolhia-se e chorava. Chorava muito. Soluçava sem parar. Acabei por lhe dar Ben-u-ron para as dores. Não jantou, nem sequer o biberão de leite que lhe oferecemos. Acabou por dormir bem, mas hoje de manhã ainda se encolheu quando lhe tocamos no braço. Não lhe dei outro Ben-u-ron e estou para aqui a pensar se não o deveria ter feito...
O que vale é que, segundo sei, agora só voltamos aos 5 anos.

2 comentários:

Mami ( Sónia ) disse...

Custa tanto ir com eles às vacinas....Por acaso tive sorte com a Sofia nem chorava muito nem fazia reacção. Mas como digo foi sorte.

Beijinhos

Pat disse...

O Santiago também se fartou de chorar!! Logo ele que parece que nem é picado (tem muita tolerância à dor!) Diz o médico que é o Sindrome da bata branca! LOL Eu pedi para lhe darem nas pernocas...sempre tem mais gordurinha. Nunca lhe doeu, apesar de andar com a que levou a Prevenar com irritação durante 1 semana e com um papinho durante 1 mês!!
E sim, se não inventarem nada entretanto, agora só aos 5 anos! Aí é que vai ser!! vamos ter de os preparar mentalmente algum tempo antes para não ganharem fobia! (Será possivel?)