quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Olha o esperto!

Ontem foi de castigo para a sala dos três anos. Não fez os trabalhos que a educadora pediu. Distraia-se com os colegas de mesa. Queria brincadeira.

À noite, a conversar com ele sobre o assunto, disse-lhe que não podia deixar de fazer os trabalhos porque senão ia para sala dos três anos e ele não queria que isso acontecesse. Resposta do espertinho: "Mas eu não me importo, mamã! Lá a Rosa dá plasticina aos meninos para brincar depois de ficar escuro e na minha sala não há!"

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Tão pequeno e tão acertado 2

Noutro dia falávamos sobre parentescos familiares. Perguntou-me se eu tinha irmãos. Disse-lhe que sim, que era o tio A. Perguntou-me se o pai tinha irmãos, disse-lhe que não. Diz ele: "Também não faz mal, mamã! O papá tem muitos amigos!" E é tão verdade que os nossos amigos são os irmãos que escolhemos...

domingo, 13 de outubro de 2013

Um orgulho

Hoje fomos jantar a casa de uns amigos que têm uma menina da idade do João.
Antes de sair de casa escolhemos duas sombrinhas de chocolate, uma para cada um.
Ao chegar aos nossos amigos... ups! Estava lá mais uma menina. Começamos por pedir ao João que guardasse os chocolates porque a outra menina ia ficar triste. Acedeu.
Mas volta e meia lá se lembrava que queria ir dar o chocolate à amiguinha. Quase na hora de vir embora, e perante a insistência dele, sugeri que desse um a cada menina pois ele tinha mais em casa.
Ele pega nos chocolates e entrega uma e volta feliz para a minha beira. Prescindiu do chocolate dele. É por isso (e por muito mais) que ele é o meu orgulho!