sexta-feira, 30 de março de 2012

Desfralde - parte 2

Há cerca de 15 dias que a fralda de manhã está seca. Ele diz que as fraldas são para os bebés e que ele é crescido. Todos os factores indicam que está preparado para dormir sem fralda durante a noite. Acho que hoje vamos experimentar deitá-lo sem fralda... será que é desta que se acabaram as fraldas de vez? A ver vamos.

quinta-feira, 29 de março de 2012

Basta olhar para os olhos dele...

... para ver que está doentinho. Hoje parece melhor... a ver vamos.

Quando se chateia connosco...

... porque lhe estamos a fazer cócegas e ele já acha demais ou por qualquer outra razão, volta e meia diz ele: "Vai para a cozinha! Vai cozinhá(r)!". Acho-lhe uma piada até porque não o diz com tom ofensivo... é só mesmo para se livrar de nós. O que vale é que o diz não só à mãe mas também ao pai e até ao Avô. Caso contrário, ia achar que já tinha ideias pré-concebidas sobre mulheres na cozinha e homens na sala.

Pior pior, foi que ontem o disse à empregada do Avô. "Vai para a cozinha! Vai cozinhá!!" :-)

quarta-feira, 28 de março de 2012

Hoje de manhã

Fiquei com um tapete renovado... o João vomitou o leite TODO do pequeno almoço no tapete da sala.

Já ontem ele não esteve muito bem. Acordou às 6h da manhã a vomitar o jantar do dia anterior. Pensamos que podia ser uma indigestão, mas à cautela não o mandamos para a creche. Não comeu ou bebeu quase nada o dia todo... também não insistimos. Este murcho embora não estivesse demasiado caído. À noite pediu leite. Demos-lhe um bocadinho de leite de soja para o reconfortar. Dormiu que nem um anjo.

Acordou cheio de fome e pediu-me leite. Lá lhe dei um bocadinho de leite de soja... passado meia hora saiu tudo em direcção ao tapete (que foi passar o dia à varanda). Temos virose in the house...

terça-feira, 27 de março de 2012

Paradise


"Olha... está preso. Ohhhh! Saiu! E sabe andar de bicicleta. Olha, está no metro. E agora anda de avião. Shhhhh! Está escondido. E anda de bicicleta outra vez. Não põe as mãos. Que chatice. Vai encontrar os amigos, sabes mamã? Sabes? Na selva. Sabes? E um tem óculos. Muito giro!"

Relato do videoclip por João Diogo, 2 anos

segunda-feira, 26 de março de 2012

Festa de aniversário

Ontem o João foi a uma festa de aniversário de uma coleguinha da escola. A primeira (já???).

Entrou todo satisfeito, deu a prenda à colega e uma beijoca, pois claro. E preparava-se para vir embora. Lá lhe disse para voltar a entrar... ele entrou... e chegou uma palhaça. Foi o suficiente para desatar a chorar sem conseguir parar. Já não queria ficar. Não me largava. Valeu-nos o pai da coleguinha que lhe foi buscar uns carros do filho mais velho e lá o distraiu.

Quando o fui buscar não quis vir. Tive que andar às voltas a fazer horas para o ir buscar. E não queria na mesma. Dizia que ia dormir com a menina e que no dia seguinte ia com ela para a escola. :-)

Vá-se lá entender estas crianças.

domingo, 25 de março de 2012

terça-feira, 20 de março de 2012

Três bolos, três velas

Lá por casa, em cada dia que há bolo tem que haver velas e parabéns. Começou pelos anos do tio na segunda feira da semana passada... e aí a vela era normal.
Neste sábado houve torta de noz só porque sim. Mal viu o bolo começou a pedir vela e parabéns. Lá cantamos os parabéns à vaquinha de peluche, que era o que estava mais próximo. E ele soprou a vela. Ontem, novo bolo. E novos parabéns. Desta vez aos pais. :-)

segunda-feira, 19 de março de 2012

quinta-feira, 15 de março de 2012

Da linguagem

Cada vez está mais desenvolvido. A cada dia que passa emprega novas expressões, sabe novas palavras, tudo. A última é usar o "me". "Ajuda-me" e "Diz-me" em vez do "Ajuda o João" ou "Diz ao João", por exemplo.

Conta até 20 sem se enganar e se o ajudarmos vai por aí fora. Mas conta mesmo, não se limita a enumerar. No inicio aldrabava um bocadinho, mas agora estica aquele dedinho gorducho e conta os elementos que lhe mostramos.

Conhece o aeiou e uma série de outras letras. Sabe empregá-las bem, não se limitou a decorá-las. Concluiu sózinho  que o M de mãe também é de mão, por exemplo.

Conhece as cores todas (até o cinzento, o bege e outras do género!), as formas geométricas, os opostos (quente frio, grande pequeno, alto baixo, aberto fechado, etc) e muito mais.

Cresceu num intante...

terça-feira, 13 de março de 2012

A dar banho ao João

"Não é esse mamã! Esse é para o cabelo!" E era. Estava a dar-lhe banho com shampoo convencida que era gel de banho... acho que estou mesmo a precisar de férias!

segunda-feira, 12 de março de 2012

Parabéns ao tio

Ontem explicava-lhe que o tio hoje fazia anos e que lhe iamos cantar os parabéns e dar uma prenda. "E à tia Diana também?" Para o João o tio e a namorada são um só. :-)

domingo, 11 de março de 2012

segunda-feira, 5 de março de 2012

Dos beijinhos

"Agoia na bochecha... agoia na ota... agoia na testa... agora no queixo... agoia no oio... agoia no oto oio... agoia na cabexa..." e eu a derreter-me a cada beijo dele. E depois, obviamente, encho-o de beijos.

quinta-feira, 1 de março de 2012

Foi o senhor?

Na segunda feira, a caminho de casa e já na nossa rua deparei-me com um senhor estendido no meio da rua pertinho do passeio. Parei o carro, liguei para o 112, tentei explicar a situação sem me afastar muito do carro (onde estava o João), mas chegando-me ao senhor para perceber a sua condição. O senhor mexia a cabeça mas não falava. Não sei o que tinha e fiquei sem saber.  Entretanto chegou uma senhora que morava em frente ao sitio onde o senhor estava e que o conhecia de passagem. Ficou com ele à espera da ambulância para retomar ao meu carro e tirá-lo do meio rua. Uns minutos depois ouvi a ambulância.

O João, que não viu quase nada, todos os dias que passa nesse sítio pergunta: "O que foi mamã? Foi o senhor?" Eu respondo "Não, amor. Não foi nada. Já está tudo bem." E continua ele "O que foi mamã? Foi o senhor? Foi alguém? Foi uma pessoa?". Acho que vou ter que dar uma volta maior para mudar de trajecto uns dias...