terça-feira, 31 de maio de 2011

Serralves em festa

É molhar as mãos em água fresquinha das fontes, é ver sapos a nascer e a dançar no Cool Frogs, é dançar ao som da música, é comer batatas fritas em vez de sopa, é deliciar-me com uvas à sombra, é ver os aviões passar mesmo por cima de nós e adorar, é ver muita gente, é apaixonar-se pela Manuela Azevedo dos Clã e ser retribuido, é cobiçar a comida alheia (parece que não lhe damos de comer!), é trocar fraldas na relva (com uma fralda de pano pelo meio, claro está, que o rapaz não gosta de relva!) ou entre duas cadeiras, é dormir a sesta ao colo da mãe, é ver os peixes no lago, é beber muita água e fugir do sol e calor, é arriscar a apanhar uma chuvada mas sair sequinho, é andar de mão dada com a mãe, o pai e o avô, é ver senhoras e senhores que correm pelo parque a fazer brincadeiras, é deitar tarde, é ficar estafado mais ou menos como nesta foto abaixo:

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Pequenos momentos deliciosos 2

A maneira como ele diz "a menina!" quando vê alguma criança pequena. Quer seja menino, quer seja menina ele põe o seu ar radiante e admira as crianças olhando para nós e dizendo "a menina!". E que feliz fica! Eu diria que ele nem sequer anda na creche tal é o ar surpreendido e feliz que põe quando vê uma criança. :-)

(E a falta de tempo da mãe para registar o fim de semana fantástico é de lamentar! Lá para 4ª feira a coisa melhora!)

quarta-feira, 25 de maio de 2011

O parque infantil

O parque chama-se "A Canuda" e fica em Salvaterra do Miño, Espanha, mesmo na fronteira com Portugal (Norte). Temos a sorte de ter uma casa do avô materno e outra dos avós paternos a escassos 5 km deste magnifico parque que tem:
- parque infantil gigante
- parque de exercicios para adultos
- lago com patos e barcos
- animais da quinta (verdadeiros!) e equipamentos agricolas
- plantação dos legumes, frutas e flores mais comuns para as crianças conhecerem
- fontes diversas
- passarada diversa (pavões, galinholas, piriquitos, etc)
- relva, muita relva
- sombra com fartura
- vista sobre o rio Minho
- calçadão para corridas e bicicletas ao longo da margem
- limpeza e cuidado com fartura
Acreditem que o parque é enorme e a terra onde fica situado é bem pequena... o que para nós é óptimo! Há sempre lugar para os mais pequenos bricarem. Infelizmente não tenho fotos para além das que já publiquei aqui anteriormente que mostrem o parque, a estrela é sempre o João. Mas fui "roubar" umas a diversos sítios na net (perdoem-me os "roubados"!). Vejam...

 (Parque infantil visto de fora)

 (Parque infantil visto de nascente)

 (Parque infantil visto de poente)

 (Parque infantil visto de poente)




 (as plantações)

 (ao fundo as casas dos animais da quinta)

(o lago e os barcos)

Pequenos momentos deliciosos 1

Adoro quando o pai o vai deitar à noite e lhe diz "Vai dar um beijinho à mamã". Ele corre do sítio onde está até mim, já com a chupeta na mão e com aquele biquinho de quem vai dar um beijinho. E dá uma beijoca repenicada, diz "Té manhã" vira costas e vai para o quarto dele. Delicioso.

segunda-feira, 23 de maio de 2011

O fim de semana teve direito a...

- Passeio até à terrinha no sábado com corridas na relva e bincadeira no mega parque infantil. Sim, a terrinha tem uma hiper mega parque infantil. Contem com uns 15 baloiços para bebés, outros tantos para mais crescidos, uns 20 escorregas de todos os tamanhos, 30 ou 40 brinquedos pequenos de molas (sei lá como chamar aquilo), 4 ou 5 "empreendimentos" gigantes com muitos divertimentos incluídos (cada um para a sua idade), jogos humanos (jogo da glória e outros desenhados no chão), mesas com tabuleiro de damas desenhado (para jogar com pedrinhas), lago com patos e barcos, animais da quinta, etc, etc. Tudo gratuito, como convém.

- Brincadeiras junto aos patos com um menino e uma menina lindos que conhecemos ontem (virtualmente já conheciamos!). É um mimo vê-los a jogar à bola, a dar bolachas aos patos (com umas trincas nas bolachas pelo meio) e a partilhar bolinhas de sabão. São giros, os nossos miudos!

- O primeiro corte de cabelo a sério! No dia em que fez 22 meses (domingo) fomos ao cabeleireiro. Portou-se muito bem: um pouco receoso, sem ter a certeza do que lhe estavam a fazer. Mas sempre quieto (o que é estranho) e a deixar fazer tudo. E ficou (mais) lindo!

- Fim de tarde em passeio na Lavandeira com direito a uma lambidela nos gelados da mãe e do pai. Nem o Magnun sem o Solero o convenceram. Ficou-se pelo seu Compal de Pessego e o meio croissant que tinha sobrado do meio da manhã.

Fotos? Muitas... mas sem tempo para as passar para o computador!!! Quem me manda sair de casa às 10h da manhã e só regressar depois das 20h nos dois dias do fim de semana? Ficam prometidas para depois!

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Querem vir tomar banho comigo?


Começou a chorar baba e ranho cada vez que o metiamos na banheira. Não percebiamos porquê: não apanhou nenhum susto, nada! Trocamos o cenário e começamos a levá-lo para o quarto de banho com poliban... adora!

Quem me explica

Porque é que o meu filho chama à manteiga alguma coisa como butter (sem dizer o r)? O Avô é que deu conta e, depois de prestar atenção, percebi que de facto é mesmo isso que ele diz. E muito perfeitinho. Onde é que eles vão buscar estas palavras?

[ É como chamar coca a qualquer tampa (de iogurte, de garrafa, dum frasco, etc). Tampa - Coca. Não tem nada a ver!]

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Melgas e mosquitos

Lembram-se dos imensos papos com que o João fica quando é mordido por um mosquito durante a noite e que demoram 15 dias a passar? Isso acabou!

Descobri a pólvora: Dum Dum Eléctrico Inteligente. É um aparelho daqueles tradicionais que libertam um liquido/odor (eu não o sinto) e que se ligam a uma tomada. Sempre tive grandes dúvidas sobre a utilização destes aparelhos em quartos de dormir... por mais que as marcas digam que é seguro eu desconfio. Mas com este aparelho não precisei de o pôr no quarto do João. Liguei-o numa tomada do corredor e  há 3 semanas que não há mosquitos em nenhum dos quartos lá de casa. Como fica aberta a janela da marquise há sempre circulação de ar na zona o que me descansa. Uma maravilha! Recomendo!

quarta-feira, 18 de maio de 2011

E também na semana passada de manhã...

O João escolheu todos os dias os sapatos que queria levar para a creche. E não abdicou dos que escolheu. Não, não podiam ser as sapatilhas novas de lona azul clarinha que ficavam a matar com a t-shirt. Nem as da Zara azuis e verdes que não ficavam mal. Tinham que ser as botas da Geox azuis marinho já mais estragadas que sei lá... e que até nem destoavam mas que eu já queria por na "reforma". O que nos vale é que são de meia estação, não são muito quentes.


Esta fase não chegava só mais tarde? E ainda mais tarde nos rapazes? Estamos perdidos. :-)

terça-feira, 17 de maio de 2011

Maxilase

Acho que o Maxilase ajudou a resolvera  constipação prolongada do João. Não está a 100% mas está já muito melhor. O bom tempo encarregar-se-á do resto. Pelo menos assim espero.

No entanto, lá em casa toda  a gente tomou Maxilase na semana passada. A mamã, o papá, o Pocoyo, a Elly, a Loula, o Pato, a vaquinha de passear (carrinho), os animais da quinta fantásticos que vieram do Amazon (a vaca, o boi, o porco, o cavalo, o burro e a ovelha), etc, etc. Foi um fartote de Maxilase. Isto para ele tomar uns miseros 5ml daquele xarope. E repetia-se a cada toma. Pelo menos nenhum deles vai ter tosse nos próximos dias!

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Do fim de semana

Andamos de autocarro descapotavel. Fartou-se de chorar ao entrar (talvez lembrando-se da volta de eléctrico mal sucedida!), mas depois gostou. Fartou-se de ver tudo e apontar. Sempre muito atento e compenetrado. Como a volta demorou cerca de uma hora e meia, acabou por adormecer ao meu colo.

Brincamos no Palácio de Cristal. Gostamos muito de ir lá. Tem tudo para um passeio de sucesso: sol, sombra, lagos grandes, fontes para molhar as mãos, parque infantil, patos, pavões e coelhos, vista para o Douro, etc.

Fomos molhar os pés à praia no final do dia. Um domingo excelente que começou com uma ventania e terminou com um sol lindo e sem vento nenhum. O João delirou, obviamente. Abua, abua, gritava ele.

Ainda falta muito para o próximo?

Hoje de manhã...

"João, vamos à rua?"
"Eh! Paia!"
Nota-se que ontem ao final da tarde estivemos com os pés de molho na praia? :-)

domingo, 15 de maio de 2011

Cucu!

 Onde está o João?


Aqui!

quinta-feira, 12 de maio de 2011

Birra para comer a sopa 2

Ontem tivemos nova birra para comer a sopa. Não queria e ponto final. Não abria a boca. Ameacei uma vez, ameacei duas vezes e à terceira desliguei a televisão e pus-me a olhar para ele com cara de zangada e sem insistir na sopa. Estivemos uns 3 minutos assim. Eu séria e a olhar para ele. Ele sério, sem chorar, a torcer as mãos e a tentar desviar o olhar do meu. Até que abriu a boca sem que eu lhe pedisse. E dei-lhe uma colher, depois outra e outra. Com a televisão sempre desligada. Ele manteve o seu ar grave e sério. Eu também. No final, como prémio de ter sido muito lindo e ter comido a sopa toda perguntei-lhe se queria ver as músicas que tanto adora na televisão. Fez um enorme sorriso e recebeu montes de beijos, claro está.

Educar não é fácil. Pelo meio apeteceu-me desatar às gargalhadas por causa do ar sério e preocupado que ele fazia. E sei que o sorriso maroto que ele me ia dar em troca era fantástico. Mas às vezes tem que ser assim. E no final, recompensamos com muitos sorrisos, beijos e elogios!

terça-feira, 10 de maio de 2011

A constipação que não nos larga

O João está constipadito há vários dias. Quase um mês, diria eu. Não está muito ranhoso (já esteve), mas está o suficiente para as secrecções se acumularem durante a noite na garganta e ele tossir durante uma hora seguida até conseguir resolver a questão. Sem acordar, é o que nos vale. Mas também sem dormir descansado como deve ser.
Já consultamos o pediatra que nos disse ter uma auscultação perfeita: "Se não o ouvisse tossir nem acreditava que tinha tosse", disse ele. "Limitem-se a controlar os sintomas: fenistil em gotas para secar o nariz e nebulizações com soro". Isso descansa-nos. Mas a tosse durante a noite tira-nos do sério (durante o dia tosse menos). Esta noite foram dois ataques de tosse. Entre as 2h30 e as 3h30 o primeiro, e por volta das 5h o segundo. Claro que não durmo enquanto duram.
Já experimentamos o famoso xarope de cenoura... que ele se recusou a tomar, como qualquer outro xarope. Estamos agora experimentar o conselho da Patrícia: Maxilase. Mal não faz (é um anti-inflamatório relativamente pacífico) e nós só esperamos que possa resolver a questão. Com a vantagem que ele nem desgostou do xarope e até nem o tomou muito mal. Vamos ver... mas já estava na hora de isto passar. Afinal não chegou já a Primavera?

sexta-feira, 6 de maio de 2011

Zangado

Esta semana foi de muito trabalho e acabei por ir buscar o João a casa do Avô muito mais tarde que o costume. Fui sempre recebida por um bebé zangado: não olhava para mim, recusava os meus beijos e ainda se refugiava no colo do Avô. Impressionante a noção do tempo que já tem! Não por saber as horas, obviamente, mas porque percebeu que o tempo que esteve no Avô sem mim foi diferente do habitual. O que vale é que passado um bocado já nem se lembra da zanga.

quarta-feira, 4 de maio de 2011

O Baptizado











Birra para comer a sopa

Ontem o pai tentava dar a sopa ao João enquanto a televisão estava ligada nos desenhos animados. O João não queria comer a sopa e só queria sair da cadeira dele. Chorava desalmadamente com lágrimas grossas e chamava por mim insistentemente. Como não é muito normal chorar tanto lá fui eu por a mão na testa para ver se tinha febre. Não tinha. Como ele chamava por mim interrompi o que estava a fazer e sentei-me ao pé deles. Não adiantou de nada, o choro continuava. Adiantou apenas para me aperceber que ele chorava desalmadamente mas em simultaneo olhava com muita atenção para os desenhos animados. O trafulha estava a fazer uma birra descomunal para comer! Ameacei uma, duas, três vezes: ou ele se sentava ou a televisão era apagada. À quarta desliguei mesmo (nunca ameaçar com algo que não se tenha intenções de cumprir, sempre ouvi dizer!). Foi remédio santo. Sentou-se ainda choroso como que a demonstrar que era contra a vontade dele, acalmou e comeu a sopa até ao fim com o pai. Ai a minha vida!

terça-feira, 3 de maio de 2011

Porque este blog também é serviço público

Preciso que as meninas do Porto e arredores me aconselhem um espaço que possa ser alugado para uma festa. Só o espaço, de preferência com jardim ou espaço exterior. E eventualmente mobiliário simples: mesas e cadeiras. Não precisa de ser muito grande: 15-20 pessoas no máximo. De preferência bom, bonito e barato.
Alguém conhece ou conhece alguém que conhece? Obrigada!

segunda-feira, 2 de maio de 2011

O amor é lindo!

Ontem a seguir ao baptizado, o João e a M. partilhavam bolachas e beijos!

domingo, 1 de maio de 2011

Dizem que hoje é dia da Mãe...

Para mim são todos os dias que estou com o João. Ou seja, os últimos dois anos e meio. Por isso concentremo-nos nos outros festejos do dia: o baptizado do João e o aniversário do Avô! É um três em um! Para já ficam as foto de outros dias da Mãe :-)