terça-feira, 17 de agosto de 2010

Terrores nocturnos... dos pais

Porque é que em 50% das minhas noites acordo sobressaltada a pensar que o João vai cair da nossa cama a baixo? E o pai idem? Porquê? Se o João muito raramente dormiu na nossa cama, não mais que 3 ou 4 vezes? Será que o devemos deixar dormir mais vezes connosco para tirar esta teima? Será que no nosso subconsciente temos ainda mais medo de o ver cair?
Não sei, só sei que esta manhã o pai agradeceu-me o facto de o ter agarrado com tamanha força durante a noite que seria impossível ele ter caído ao chão... mesmo que quisesse fugir! Isto enquanto dizia: "Não João, assim vais cair. Não!" Deve ter apanhado um susto...

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Habilidades

1. O João não anda mas põe-se de pé bem mais depressa do que eu. E isso permite-lhe uma coisa muito gira: subir para cima do sofá. Primeiro um joelho, depois o outro e voilá! Já está em cima do sofá. Para descer tem duas opções: ou é logo a seguir a ter subido e desce com muito cuidadinho; ou já está distraído e quando vê algo que o atraia no chão atira-se de cabeça.

2. O João não é bebé de birras, mas ontem fez uma birra de sono que me fez soltar gargalhadas. Imaginem então o pirralhito a brincar no chão com a garrafa da água. O meu pai pergunta-lhe se quer água e tira-lhe a garafa para lhe dar. Fica danado por lhe terem tirado a garrafa, atira-se para o chão de barriga para o ar a chorar, espernear e esbracejar. Mesmo como as birras dos meninos mais crescidos. Só visto! (o que vale é que eu sei que, para já, foi o sono...)

3. Quando o estamos a vestir já procura vestir as mangas das t-shirts sozinho. Mas com um ar de quem diz: despacha lá isso, mãe!

4. Ontem tive que lhe dar Fenistil por causa dos enormes vermelhões provocados por picadelas de mosquitos. Calhou ele estar na cozinha ao colo do pai enquanto eu preparava o biberão. Obviamente prestou muita atenção enquanto eu deitava aquelas gotinhas no biberão. Quando chegamos ao quarto e lhe tentei dar o biberão, recusou. Recusou a primeira, recusou a segunda, recusou a terceira. Mas bebeu-o. Como? "Pai, vai preparar outro que o João não quer este biberão." O pai saiu do quarto até ao quarto ao lado, esperou uns segundos e voltou com um leite "novinho". Não sobrou uma gota para contar! ;-) Até quando o conseguimos enganar assim?

Pormenores que mostram todos os dias como ele está crescido... para o bem e para o mal!

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Livros

Enquanto vemos um livro o João vai apontando com o seu dedo gordinho para as figuras que vê. Um mimo! E o esforço que ele faz para passar as folhas grossas dos seus livros de bebé até conseguir? Outro mimo! Será que temos futuro leitor?

sábado, 7 de agosto de 2010

Música preferida

Esta é a música e o video que deixa o João preso à televisão. É só este, não resulta com mais nenhum. Uma preciosa ajuda na hora de dar a sopa quando há algum soninho pelo meio. É fantástico ver como ele se fixa no video, comodança um bocadinho em determinadas partes e como nos lança uns sorrisos furtivos como que a dizer: "Muito giro, não é?".

Primeira manhã de praia

Hoje o João acordou muito cedinho e nós aproveitamos para rumar à praia. Eu ainda não ando lá muito bem, mas resolvi tentar. E até nem correu mal (mas agora estou de pé ao alto para compensar).

Hoje foi então o dia de primeiras vezes:
- Primeira manhã de praia
- Primeiro soninho na praia enrolado na toalha e à sombrinha do guarda-sol
- Primeiro "molhar de pés" na água gelada do mar do norte
- Primeiros passinhos (ajudados) na areia

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Férias do João

O João está de férias da creche. O pai está a trabalhar. A mãe está com baixa médica e devia estar de pé ao alto. Devia, porque com o João de férias é impossível. O avô ajuda a dar conta do recado. Leva-o a ver as gaivotas ou o vira-vento, ou dá-lhe uma bolacha para terminar com uma pequena birra de sono.
E eu continuo com a sensação de que ele não está a aproveitar convenientemente este verão por causa da minha cirugia :-(