quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Eu só queria saber...

... para onde foi o meu bebé e de onde apareceu este menino.

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Eu já sei ler... ou quase!

Olha para o mini-carrinho das compras e aponta com o dedo enquanto soletra: "Con-ti-nen-te!"

Olha para o quadro com o nome dele e aponta com o dedo enquanto soletra: "Jo-ão!"

Olha para a embalagem do Maxilase e aponta com o dedo enquanto soletra: "Sa-ro-pe!" :-)

Ontem colei uma etiqueta com o nome dele na bata. Perguntei-lhe o que dizia. Ele quase sem olhar e a apontar diz: "Ba-ta!". Pois claro. Se é uma bata porque raio eu iria colar uma etiqueta a dizer João??? (E João é a única coisa que ele sabe verdadeiramente ler!)

sábado, 18 de fevereiro de 2012

E o Pirata não saiu à rua!

Na 4ª feira à noite começou a ficar estranho: caído, a esfregar os olhos, com vómitos, a queixar-se da cabeça.

Na 5ª acordou cheio de febre. Foi para o Avô que se queixou que ele estava sempre caído, agarrado a ele e quase sem brincar. Como isto não é normal nele (quando a febre baixa, arrebita), fomos ao pediatra. Amigdalite e gripe. É o Jackpot! Antibiótico como ele gosta... ou não.

Demoramos meia hora para lhe dar o antibiótico, mais meia para o Actifed e outra meia caso seja preciso o Brufen. Ele detesta qualquer xarope que não seja o Maxilase e, conhecendo-o bem, sei que não é birra ou fita. Ele não é grande amante de doces. os xaropes têm imenso açucar. Talvez por isso. Ou então é só pelos sabores estranhos que os xaropes têm. Quem diz que o antibiótico que lhe estamos a dar sabe a banana nunca na vida comeu uma banana.

Truques para lhe dar o xarope: dar aos bonecos todos; tomarmos nós; prometer pintarolas, livros, puzzles, jogos, músicas, etc; explicar-lhe que sem o xarope não fica bom e não pode ir ao parque; zangarmo-nos e ameçar levá-lo ao hospital para que lho deêm; ralhar com ele forte e feio; dar com uma seringa à força; não dar com a seringa mas ameaçar; etc, etc, etc. E nada resulta. E é mesmo dificil!

Ontem esteve um bocadinho melhor, mas ainda muito ranhoso, muito queixoso e muito choramingas. O avô tinha um compromisso e teve que mo entregar a meio da tarde... fartou-se de chorar. Hoje já voltei a ligar ao pediatra porque a febre voltou a subir imenso. Se até segunda feira não melhorar lá vamos nós à injecção de penincilina...

Com tudo isto o Pirata não saiu a desfilar no Carnaval. Ainda! (esperamos nós) Entretanto apareceu-nos um Faísca na varanda:

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Segundo o meu filho

No Carnaval ele vai vestir-se de pirata, o pai de enfermeiro e a mãe de princesa de saia (gostei desta especificidade).

Ora, ora... o pai de enfermeiro? O pai nem pode ver sangue! Agora a mãe de princesa parece-me muito bem, muito real! :-)

domingo, 5 de fevereiro de 2012

Das sestas

O João está a dormir desde as 15h30. São 18h30. E pelos meus cálculos ainda vou ter que o acordar para jantar! Ao fim de semana vinga-se das sestas de uma hora ou hora e meia da creche.

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

O que eles aprendem na creche!

Há pouco ao sentá-lo na cadeira começa a cantar:

"Nossa, nossa
Assim você me mata
Ai se eu te pego, ai ai"
 
Mas o meu filho anda a aprender Michel Teló na creche? Em casa não foi, no Avô muito menos... Ao que nós chegamos!!

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Em versão Non Stop lá por casa...


E que bem que ele canta! Sabe (e ecompreende!) quase todas as letras. Até nós sabemos as músicas de trás para a frente e dançamos as coreografias com ele (e às vezes sem ele, diante do seu ar espantado).