quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

O infantário II

O infantário que escolhemos para o João não é o melhor da cidade. Tem pessoas carinhosas e cuidadosas, tem um preço aceitável, fica pertinho de nossa casa e de casa do avô. No entanto não tem as melhores condições físicas como por exemplo um grande jardim ou salas muito grandes. No entanto achamos que seria o melhor para o João e para nós. Principalmente porque todas as crianças que por lá andam nos pareceram muito felizes nas duas visitas surpresa que fizemos ao infantário. E corriam alegres para os braços da Directora quando passava por eles enquanto nos acompanhava.

Apesar disso há determinadas coisas que me irritam. Quando chego lá a informação que tenho sobre ele é: "Esteve tudo bem". Nada mais. Se calhar devia contentar-me com isto, mas faz-me falta saber um pouco mais. Comeu bem? Quantas horas dormiu? Fez cocózito? Quantas vezes? Esteve rabugento? Provavelmente o "Esteve tudo bem" responde a estas questões todas resumidamente, mas... é uma sensação de desconforto. Quando pergunto tudo isto respondem-me sem qualquer tipo de problema e duvida, é certo, mas acho que não deveria ser eu a perguntar. Até porque me pediram para comprar um caderninho para apontarem as informações relevantes, coisa que não fizeram nunca. Só eu é que escrevo no caderninho. Tenho que investigar se há reuniões de pais para por esta questão. Ou então falar com a directora.

Acham que estou a ser picuinhas ou chatinha?

4 comentários:

Loira disse...

No colegio do rodrigo escrevem todos os dias. Dizem se esteve bem, se comeu tudo, a que horas adormeceu e acordou. Eu é que só escrevi uma vez e foram duas linhas! lol

M disse...

Fazes muito bem em ser picuinhas, é uma questão de fazerem um esforço para melhorar a comunicação... os pais devem saber o que se passa com os filhos nas horas em que estão nos infantarios...

Ziza disse...

ola Gambozina!
Acho que devias te ruma conversa com a educadora e pedir para começar a escrever no livrinho! até porque a maior parte das vezes e importante para caso haja algum problema poderes seguir em casa a evolução da "coisa"
Se tens o caderninho é mesmo para escrever! Nem que seja só e apenas sobre cocós, xixis e sonecas!

Drella disse...

No do Gui também escrevem todos os dias se ele comeu bem, a k horas, qtos cocós.