segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Mãe: profissão de risco

Ontem, pela primeira vez, arrisquei a cortar-lhe as unhas com ele acordado. Teve que ser: durante a sesta não me lembrei, e à noite, na caminha, não dá jeito nenhum e não vejo nada. Por isso arrisquei... E não lhe cortei nenhum pedaço de dedo! Se ficaram bem? Isso já é outra história :-)

1 comentário:

Flor de Lótus disse...

Lol acreditas que não consigo cortar as unhas ao raspelho...podes rir à vontade. É verdade, desde que nasceu que lhas limo.