terça-feira, 29 de março de 2011

O João e a Chanel

A Chanel é a gata dos amigos com quem estivemos no fim de semana. Segundo eles (e nós comprovamos) é uma gata-cão. Gosta de mimo, de brincadeira, de pessoas. Um amor de bicho. Mesmo.

O João passou a tarde a desafiá-la: no jogo do gato e do rato.  Chamava por ela, ria-se para ela, mandava-lhe beijinhos, queria dar-lhe o brinquedo dela, mas... isto tudo sempre com um metro de distância da bichinha. Se ela se tentava aproximar ele começava a recuar até estar com uma distância de segurança. De preferência atrás das pernas dos pais ou dos tios emprestados. Não forçamos a relação porque seria meio caminho andado para ele não conseguir chegar-se a ela. O máximo que conseguimos foi uma festinha (e também uma palmada) na gata. Mas houve dois momentos divinais.

O primeiro foi quando o João circulava pela casa dos nossos amigos e a gata o encurralou num canto. Foi de rir! A gata não se chegou a ele, mas ele para fugir tinha que passar por ela. Gerou-se ali um momento de tensão prontamente resolvido pelo pai que o foi salvar.

O segundo foi quando a gata estava no sofá e o João de pé no chão. Chegou-se a ela, baixou-se para ficar cara a cara (ou cara a focinho!) com a gata e mandou-lhe um beijinho pelo ar. Dez miseros centimetros sepravam-nos. Uma proeza para o João. :-)

À vinda embora dizia-lhe adeus com toda a intensidade e mandava-lhe beijinhos como nunca fez a mais ninguém. Mas à distância, claro!

4 comentários:

Cati disse...

Gostava de ter visto isso :)
É tão giro vê-los descobrir o mundo!

Beijoca!

PS - Eu compro brinquedos à Leonor, claro! Por acaso o último que comprei até foi um caixote gigante de legos (mas não são da marca lego). O que me enerva não é a compra de brinquedos, longe de mim não comprar brinquedos à minha filha. Irrita-me a tendência que certas pessoas têm para comprar por comprar, o "tem de ser de marca". Eu sigo o blogue em questão há já bastante tempo e noto a tendência. Como eu disse... é pura má língua. :(

Mami ( Sónia ) disse...

Deve ter sido tão giro de ver!!!

Pat disse...

Demais!! Também adoro vê-los a descobrir o mundo!! Tudo tão genuíno não é? :)
O Santiago tem dessas aventuras com a Maggie, a cadela da minha mãe!!

Cati disse...

Respondido do outro lado ;)