terça-feira, 28 de junho de 2011

Um susto

Ontem o avô foi buscar o João à creche e veio de lá com um recado. Uma menina de 6 meses tinha sido internada com meningite. Fiquei em estado de quase pânico. O nosso pediatra perdeu uma sobrinha com uma meningite e já conversamos imensas vezes sobre isso. Logo eu estava mais ou menos a par e sabia que se a menina tinha sido internada e a creche me estava a informar é porque seria uma meningite meningococica, a mais grave. Se fosse viral ninguém teria a preocupação de me informar.

O delegado de saúde contactou a creche e deixou um antibiótico para todos os meninos tomarem apenas por prevenção durante dois dias. Intragável, por sinal, e muito difícil de o João o tomar.

Liguei imediatamente para o pediatra que me descansou. Realçou que a bebé não era da sala do João logo o risco de contágio é relativamente pequeno. Segundo ele, habitualmente só se dá antibiótico aos meninos da mesma sala até porque sendo bebés não convivem com os outros meninos. Mas eu sei que eles às vezes vão ver os bebés, talvez por isso lhes tenham dado também. Outra coisa que me disse é que os sintomas aparecem normalmente em 24h a 48h. Quando lhe disse que o João já não ia à creche desde 4ª feira (benditos feriados!) disse-me logo que não existe praticamente nenhuma probabilidade de vir desenvolver a doença. Na opinião dele nem precisava de tomar o antibiótico. Suspirei de alivio, claro.

No entanto optei por lhe dar na mesma o antibiótico. Não sei ao certo que tipo de contacto ele teve com a bebé: ele passa a vida aos beijinhos aos bebés! E sei também que a bactéria se pode alojar no nariz e garganta não causando qualquer problema à própria pessoa mas podendo transmiti-la a outros que podem ficar doentes. Por isso, à cautela, lá está o João a tomar aquele xarope intragável. E eu fiquei com uma dor de cabeça que só passou depois das 10h da noite...

Fica para informação este link da Direcção Geral de Saúde.

8 comentários:

Baunilha disse...

para nós pais que vamos buscar os nossos filhos à escolinha e recemos uma noticia dessas é um susto e é importante ficarmos atentos a possiveis sintomas... mas agora imagina a aflição dos pais da criança doente? nem quero pensar o horror que estão a sofrer! obrigada pelo link informativo da DGS.

Eu disse...

olha nem sei o que te diga!
que susto mesmo!

tudo de bom!

Cláudia disse...

Imagino o susto....
Nem quero pensar...

O importante ´q que o João está bem...

Beijinhos

Pinguina disse...

São coisas que assustam e difíceis de lidar...

Pat disse...

Puxa...que susto!!! Eu tb ficaria histérica! Bem, mas vamos lá pensar positivo, porque por tudo o que o médico disse as probabilidades são minimas.
Dica para tomar o antibiótico: dá-lhe misturado no iogurte! Se for como o meu (e o João é!! è um bom garfo!) marcha num instante! Verifica apenas se diz: pode ser tomado durante as refeições

Pat disse...

Bem, então esse antibiótico deve ser potentissimo!! Só 2 dias? E em jejum?!? Estava feita!! Tinha cena de exorcismo em casa de certeza!!! Mas já passou certo? E a miúda tb está a melhorar! Tudo a correr bem portanto! Ufa!

Patricia disse...

Imagino o susto e ainda bem que foi apenas um susto. O Dr. P tb já me contou essa história. E a da filha dele q tb teve mas vírica. Nem é bom pensar... Bjs

disse...

os meus filhos vao tomar a vacina contra essa meningite no proximo dia treze.
ate agora nunca quiz que tomassem essa mas a pediatra insistia sempre ate que aceitei...