quarta-feira, 1 de junho de 2011

Fim de tarde de domingo

"No domingo à tarde a mamã e o papá levaram-me a passear ao pé dum rio com uma amiga da mamã. Depois foram lanchar e queriam que eu provasse uma coisa estranha... eles chamavam-lhe caracóis. Eu só não percebi porque é que eles comiam aquelas coisas de dentro dumas cascas quando as cascas tinham muito melhor aspecto. Pena que não me deixaram provar as cascas. O resto não quis, blheccc! Mas bebi sumo e comi torradas.
Fiz amizade com toda a gente da esplanada, em especial com uns senhores que tinham idade para ser meus avós. Eram simpáticos e até me ofereceram os tais caracóis e torradas. Eu tive vergonha e não aceitei. A mamã diz para não aceitar nada de estranhos...
Depois começou a chover forte e feio e a trovejar muito. Obviamente que não tive medo nenhum e que me diverti imenso a apanhar as gotas que caiam do telhadinho que cobria a esplanada onde estavamos. Toda a gente estava escandalizada por a mamã e o papá me deixarem brincar com a chuva. Diziam que me estava a molhar todo, mas ouvi a mamã dizer que não fazia mal porque estavam 27 graus e porque tinha uma roupa suplente para mim. Ela pensa em tudo. E eu diverti-me tanto com a chuva! Ainda bem que eles me deixaram. Depois vesti a roupa sequinha e fui para casa. Ah! Ainda tive direito a uma daquelas bolas grandes que saiem de dentro de uma máquina... não sei como o meu pai fez, mas saiu de lá de dentro um brinquedo. Giro!
E foi uma tarde muito divertida!"
João, 22 meses

2 comentários:

Segundo Olhar disse...

Que maravilha de fim de tarde!
Beijinhos

Pinguina disse...

Eu compreendo que não tenhas querido provar "aquelas coisas", até hoje eu também ainda não fui capaz... (e o meu pai que tenta há anos covencer-me do contrário)

Por cá nesta altura e pelo Verão fora há muita trovoada e a Joana tem medo. Está sempre a dizer que o avião vai passar.