quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Nas vésperas do Natal...

Ontem foi um dia cheio... pediatra e festa de Natal numa só tarde.

Uma vez que a febre não dava tréguas (mesmo não sendo muito alta) resolvemos levá-lo ao pediatra. O meu filho engana todos muito bem, até o pediatra. Mal lá chegamos diz o Dr. P.: "Isso não é nada! Vê-se logo na cara dele que isso é alguma coisa vírica e que passa em três dias... já passaram 3 dias?". Mas mal o auscultou começou a dizer: "João tu estás uma desgraça! O que andaste a fazer? Isto está bem pior do que eu pensava!". Claro que engana todos... ele corria e metia-se com todos na sala de espera. Tem ar de tudo menos de doente! Agora começou a saga dos medicamentos: antibiótico, expectorante, Celestone, nebulizações com Pulmicort, Ben-u-ron caso persista a febre (mas desde ontem à tarde que já não tem). E se há coisa que ele não toma são os xaropes... mais de metade ele deita fora. E custa-me tanto dar-lhe o da meia-noite: ele chora desalmadamente e tem ataques de tosse incontrolaveis por acordar aquela hora :(

Depois de sair do pediatra já eram quase 4 horas da tarde e ele ainda não tinha dormido. Deixei-o dormir uma hora e levei-o ao sitio onde iria ser a Festa de Natal. Tinha decidido que não ia, mas a educadora teve a gentileza de me ligar dizendo que era uma pena o João não participar, não ficar com esta recordação (só se for em foto, porque lembrar-se? Não me parece!), etc, etc. Como ela insistiu tanto e foi tão amorosa lá o levei. Mas como só tinha dormido uma hora estava muito mole e rabugento. Esteve o tempo ao colo da sua adorada auxiliar. À parte disso, a festa estava gira. Eles foram vestidos de rato Mickey e as meninas de Minnie e estavam impecaveis. Lá estavam eles no palco ao som da música mas sem grande noção do motivo por qual estavam lá. Eles e todos com menos de três anos... Acho que estas coisas são mais para os pais que para os miúdos, mas enfim.

Sem comentários: