quinta-feira, 29 de abril de 2010

Não!

Cada vez fala mais e cheio de razão.Pelo menos é o que nos parece pelas caras que ele faz enquanto diz Dadadada ou Tatatatata.

Achamos que começa a compreender o não (em especial o do Avô) mas também pode achar que é simplesmente uma brincadeira.

"Não! Não mete o brinquedo na boca." Ele olha de lado e se apanha o meu pai distraído começa a aproximar o brinquedo da boca. "Não!" diz o meu pai. Ele pára com o brinquedo a meio do caminho e faz o ar mais inocente como quem diz: "Mas eu não ia fazer isso!". Baixa o brinquedo. Mal o meu pai vira costas, volta a fazer o mesmo. E repete-se vezes sem fim, sem ele nunca chegar a meter o brinquedo na boca. Porquê? Porque quando está quase a chegar com ele à boca fica à espera que o meu pai olhe para lhe dizer "Não!"

4 comentários:

Flor disse...

Martim também compreende muito bem a palavra Não.

Mas ao contrario do João se dizemos Não ele faz beicinho, mas volta a tentar fazer o que estava a fazer :D

beijinhos

Pat disse...

No nosso caso a falta de respeito é inacreditavel!! Dizemos Não e o que faz o Santiago??? Ri-se!!! OH pá...e nós? Perdemos logo o ar sério!!! Mas eu acho que ele não entende muito bem o Não, pelo menos para já!!!

O Atelier da Imaginação disse...

Olá,venha visitar-nos,
http://atelierdimaginacaoeventos.blogspot.com/,
faremos da sua festa um momento inesquecível, e que se encaixe no seu orçamento.
Ate já.

disse...

pois começamos agora a dar limites aos nossos bebes,aqui ja começaram as asneiras,e o gabriel alem de rir se com o nao,vai la outravez.
mas nao sei se o avô esta serio ou nao a dizer que nao quer que ponha o brinquedo na boca porque normalmente os brinquedos sao para isso mesmo e com os dentinhos a roer é normalissimo isso acontecer por isso vuvu deixa o bebe meter o brinquedo na boca sim?
beijocas!!