quinta-feira, 22 de abril de 2010

Ainda da relva

Na terça feira ao final da tarde aproveitamos o sol e fomos passear ao parque da cidade. Depois de ver os patos e os cisnes aproveitamos para mais uma vez o sentar na relva. A reacção foi praticamente a mesma: um ar enojado, as mãozitas sempre levantadas, e sentadinho muito direito sem tombar. Esperem... sentadito muito direito sem tombar? Ah! Afinal ele senta-se equilibrado durante imenso tempo, o problema é que passa a vida a tentar chegar a tudo o que o reodeia e atira-se para o lado. Como ali só havia relva e ele não gosta... parecia gente grande sentado no chão!

1 comentário:

Rute disse...

Ahahahah! Olha, a minha irmã também não gostava nada de relva, terra ou até areia da praia. Enrolava os dedinhos todos. Segundo contam os meus pais, claro, que ele é mais velha do que eu 8 anos :)