segunda-feira, 8 de março de 2010

Breves e soltas 2

É tão lindo o ar de espanto que ele faz de manhã quando espreita pela janela. É como se estivesse a ver as coisas pela primeira vez: arregala os olhitos e esquece-se da boquita aberta. É mais ou menos assim:


1 comentário:

Ana Luísa disse...

Tens toda a razão, o teu filhote é mesmo lindo e giro, que carinha tão fofinha :))
Beijinhos!