quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

Consulta no Centro de Saúde

Hoje fui à primeira consulta no Centro de Saúde. Gostei bastante. A minha médica é impecável. Muito simpática, muito competente e muito compreensiva para a situação que lhe levava.

Eu estou a ser seguida por uma obstetra particular mas não queria deixar a minha médica de família de parte. Ela pôs-me à vontade para fazer o que entendesse: disse-me que me passaria todos os exames que precisasse mesmo sem ir à consulta porque de certeza que estaria a ser bem acompanhada. E que ela tomaria a mesma decisão que eu se estivesse no meu lugar. Gostei de ouvir porque sempre ouvi histórias de médicos que se chateavam por as grávidas serem seguidas no particular e no público ao mesmo tempo (uma espécie de ciumeira, segundo sei).

Ficou então combinado que iria lá de dois em dois meses fazer um acompanhamento mais superficial, apenas para ela se manter a par das novidades. E que entretanto, se precisasse de alguma coisa que lhe pedisse.

Fiquei também impressionada com a simpatia e boa vontade daquelas pessoas que não tem os equipamentos que têm grande parte dos consultórios particulares mas que são muito profissionais e tentam contornar essas situações. A enfermeira era simpatiquissima e muito dedicada. Só tenho bem a dizer.

Bem, eu sei que a minha mãe trabalhou naquele Centro de Saúde a vida toda... isso talvez ajude. Mas eu quero crer que não, que é mesmo assim. Foi engraçado... no final da consulta a médica andou-me a "exibir" às outras médicas: "Sabes quem é? É filha da D. Z. E vai ter um bebé!". Foi bom, mas entrar naquele Centro de Saúde deixa-me um pouco nostálgica. Com saudades do passado... Enfim! Amanhã será outro dia.

3 comentários:

Ana Luísa disse...

:)
Como a minha médica de família dava as consultas de saúde materna, optei por ser seguida por ela, fazia as ecos no privado e a partir da 37ª semana fui acompanhada na maternidade.
Só posso dizer que correu tudo muitíssimo bem! Nada tenho a 'apontar', da médica às enfermeiras... Estavam sempre disponíveis e como as conhecia, foi mais fácil.
Beijinhos e tudo a correr bem.

Segundo Olhar disse...

Puxa, isso parece-me mesmo sorte! Para aquilo que se ouve de algumas médicas do centro de saúde... Que continue sempre assim!

Beijos

Claudia Capela disse...

Tens sorte... A minha médica de família até é simpática, mas gosta pouco de trabalhar :)

Beijinhos