terça-feira, 17 de abril de 2012

Primeira noite sem chupeta

Ontem de manhã resolvi guardar todas as chupetas da casa. Se ele não as visse não se lembraria delas... assim eu esperava.

Não se lembrou até se deitar. Aí pediu-a ao pai. O pai disse-lhe que não havia. E ele deitou-se. Ao contrário do esperado, adormeceu rápido sem ela. Dormiu a noite toda. Acordou sem ela e sem a pedir. Será que vai ser assim tão fácil? A ver vamos.

1 comentário:

Pat disse...

Boa! E continua a correr bem?